Skip to content

Aplicativos móveis mergulham nos processos corporativos e prometem maior produtividade, atendimento, vendas

março 4, 2011

Não é de hoje que falamos sobre o tema, mas a mobilidade e os aplicativos tem um grande potencial em ajudar redesenho de processos de empresas, buscando inovação, produtividade, melhoria na interface com clientes e aumento de receitas.

Os exemplos estão surgindo em todas as partes, desde os já amplamente conhecidos aplicativos de bancos, distribuição de jornais e revistas, informações ao consumidor, gestão de pedidos, etc, etc …

Hoje gostaria de destacar dois exemplos interessantes de players entrando nesse mundo de forma inovadora. O primeiro, uMov.me (foto acima), um recém lançado desenvolvimento da Trevisan Tecnologia, que propõe um portfolio de aplicativos de prateleira a preços razoáveis, já desenhado para uma série de atividades e funções corporativas, como captação de imóveis para corretores, transporte de mercadorias, visitas de técnicos de TV a cabo, e muitas mais. A proposta parece ser excelente para pequenas e médias empresas, quem não comportariam o desenvolvimento de aplicativos proprietários. Todas os aplicativos estão disponíveis para teste gratuitamente em self-service no site, limitados a um usuário para a empresa. No próprio site pode escolher os planos, que tem suas mensalidades definidas por número de usuários.

O segundo exemplo que destaco é o Field Agent, lançado há quase um ano nos E.U.A. e em fase de expansão internacional, propõe “jobs” de captura de informações de campo, remunerando os agentes e entregando serviços de informação e marketing para empresas de consumo e varejo. Nos EUA, conseguiram recrutar cerca de 60 mil agentes independentes com seus iPhones, remunerando alguns dólares por “job” executado. É sem dúvida, um jeito inovador para por exemplo, monitorar preços da concorrência espalhados por 50 estados americanos, ou posicionamento em gôndolas, só para dar uma idéia. A proposta vai muito além, basta imaginar o que se pode fazer com uma rede assim.

Em resumo, estamos vendo somente a ponta do iceberg, do que a mobilidade, aplicativos, tablets, revolucionarão o mundo corporativo, fragmentarão as cadeias de valor, quebrarão muros dos “natural owner” de indústrias, e diferente dos aplicativos B2C, os aplicativos corporativos tendem a se pagar no curto prazo, sem a dúvida se serão ou não um “blockbuster”.

E aí, mais algum exemplo interessante de aplicativos corporativos ???

Atualizado 5/3/2011 – E muito bem lembrado por meu amigo Raul Mesquita de Freitas, o próprio site da Apple traz uma série de exemplos de aplicativos para negócios … Vale checar… http://www.apple.com/ipad/business/apps/

**********

Veja também na Mobi9:

iPad começa dar aos brasileiros o gostinho de um novo mundo sem os gargalos e limitações do papel, transporte e distribuição

Field Agent, o primeiro aplicativo que te remunera para usar”

Crescimento acelerado da internet móvel, SVAs e APPs

Tesco lança aplicativo com leitor de códigos de barras

Gigante entra no mundo dos aplicativos

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: