Skip to content

O Jornal Instantâneo: WSJ dá pistas de um modelo que poderia ser o jornal do futuro

abril 13, 2010

Depois de dois dias navegando pelas propostas de jornais no iPad, estou convencido que o WSJ largou na frente novamente no mundo online. Foi o único que não criou simplesmente um app. Criou um modelo de negócios e sinalizou com seu jornal instantâneo – WSJ NOW – que existe muito mais no mundo dos tablets que sair correndo e colocar no ar um iPad App de graça.

A maioria dos Apps que usei são bonitos, visuais, interessantes, uma vitrine para as marcas, um teaser para a compra do jornal, mas nenhum teve a profundidade e visão de futuro como o WSJ.

O que está por trás do WSJ NOW? Sem ter entrado nunca no prédio do WSJ, posso apostar que existe ali um redesenho completo da redação para suportar a criação de jornais instantâneos. (Quem já viveu uma redação sabe o que isso significa.) Quantos fechamentos diários são necessários para se passar a impressão ao leitor que o jornal está oferecendo uma versão instantânea? Será que foi criado um template modular que facilita o fechamento imediato a cada momento? Com certeza redesenharam isso e muito mais. Redesenharam nas suas cabeças o jornal do futuro e implantaram sua primeira versão. Tanto é que estão cobrando mais pela versão iPad que a versão papel: estão entregando um jornal instantâneo, enquanto o da banca já chega desatualizado em pelo menos 6 horas.

Uma coisa é fato: ganharam mais um assinante no Brasil a U$17,29 por mês.

Veja a página do WSJ iPad App na internet: WSJ for iPad – WSJ.com

Share

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: